Achei um vídeo com ótimas dicas de como trabalhar com unidades relativas no CSS.. Eu não tenho muito o costume de postar vídeos de canais do youtube, mas esse é um caso que realmente vale a pena.

close

Achei um vídeo com ótimas dicas de como trabalhar com unidades relativas no CSS.. Eu não tenho muito o costume de postar vídeos de canais do youtube, mas esse é um caso que realmente vale a pena.

Read more

Você sabia que dá para fazer SEO no WordPress, de forma profissional, apenas usando plugins adequados? Como comentei em um post recente, o site começou de forma que eu pudesse provar e testar minhas capacidades de SEO, além de ser uma biblioteca de códigos particular, com aquelas coisas que sempre uso, mas que nunca lembro de cabeça. Agora que decidi recomeçar, entrei em um curso de SEO (que por sinal começou ontem) na CreativeBizz, uma empresa de Curitiba, especializada em marketing digital. E o que aprendi? No primeiro dia, relembrei vários conceitos, que devido à falta de uso estavam meio perdidos, mas que já tinha familiaridade, e consegui entender muito, especialmente

close

Você sabia que dá para fazer SEO no WordPress, de forma profissional, apenas usando plugins adequados? Como comentei em um post recente, o site começou de forma que eu pudesse provar e testar minhas capacidades de SEO, além de ser uma biblioteca de códigos particular, com aquelas coisas que sempre uso, mas que nunca lembro de cabeça. Agora que decidi recomeçar, entrei em um curso de SEO (que por sinal começou ontem) na CreativeBizz, uma empresa de Curitiba, especializada em marketing digital. E o que aprendi? No primeiro dia, relembrei vários conceitos, que devido à falta de uso estavam meio perdidos, mas que já tinha familiaridade, e consegui entender muito, especialmente

Read more

Posted in SEO, Wordpress

Programadores e Layout, uma combinação trágica. Em julho, oficialmente trabalho com programação há 10 anos, nesse tempo todo, aprendi muita coisa, mudei muito minha forma de trabalhar, me especializei em várias coisas, mas com uma delas, eu sempre sofri muito, e posso dizer, com tristeza que poucas vezes consegui um resultado satisfatório… Como fazer um bom layout. Então, finalmente descobri o que é uma Framework CSS Todas as maiores invenções tecnológicas criadas pelo homem — o avião, o automóvel, o computador — dizem pouco sobre sua inteligência, mas falam bastante sobre sua preguiça (Mark Kennedy) Programador não sabe fazer design. Isso sempre foi uma grande verdade, porém graças a evolução humana,

close

Programadores e Layout, uma combinação trágica. Em julho, oficialmente trabalho com programação há 10 anos, nesse tempo todo, aprendi muita coisa, mudei muito minha forma de trabalhar, me especializei em várias coisas, mas com uma delas, eu sempre sofri muito, e posso dizer, com tristeza que poucas vezes consegui um resultado satisfatório… Como fazer um bom layout. Então, finalmente descobri o que é uma Framework CSS Todas as maiores invenções tecnológicas criadas pelo homem — o avião, o automóvel, o computador — dizem pouco sobre sua inteligência, mas falam bastante sobre sua preguiça (Mark Kennedy) Programador não sabe fazer design. Isso sempre foi uma grande verdade, porém graças a evolução humana,

Read more

Posted in CSS, Front End, HTML

O que é o Wappalyzer? Na internet há uma infinidade de meios para se obter resultados, frameworks diferentes de javascript, aplicações cms, aplicações de e-commerce, linguagens diferentes voltadas para web. O Wappalyzer é uma ferramenta super prática, que pode ser instalada no firefox ou no chrome, voltada a identificar as tecnologias de um site, e ele tem êxito na maioria delas. Como instalar o Wappalyzer? É bem simples, ele está na lista de extensões, só buscar e instalar. No firefox, irá pedir para reiniciar o navegador. Feito isso ele estará ativado. Como usar o Wappalyzer? No firefox, ele irá aparecer na barra de navegação, com os ícones de todas as tecnologias

close

O que é o Wappalyzer? Na internet há uma infinidade de meios para se obter resultados, frameworks diferentes de javascript, aplicações cms, aplicações de e-commerce, linguagens diferentes voltadas para web. O Wappalyzer é uma ferramenta super prática, que pode ser instalada no firefox ou no chrome, voltada a identificar as tecnologias de um site, e ele tem êxito na maioria delas. Como instalar o Wappalyzer? É bem simples, ele está na lista de extensões, só buscar e instalar. No firefox, irá pedir para reiniciar o navegador. Feito isso ele estará ativado. Como usar o Wappalyzer? No firefox, ele irá aparecer na barra de navegação, com os ícones de todas as tecnologias

Read more

Boa tarde, Me cansei de ficar passeando de sites em sites em busca de um bom gerador de CPF e CPNJ, para executar testes em sistemas. Hoje acordei cedo e resolvi montar um simples e funcional, que atenda bem as minhas necessidades. Segue o link http://eduardosgode.com.br/gerarCpf.php

close

Boa tarde, Me cansei de ficar passeando de sites em sites em busca de um bom gerador de CPF e CPNJ, para executar testes em sistemas. Hoje acordei cedo e resolvi montar um simples e funcional, que atenda bem as minhas necessidades. Segue o link http://eduardosgode.com.br/gerarCpf.php

Read more

Em caso de problemas com modo de compatibilidade (normalmente, isso é quando no Chrome e Firefox o site fica perfeito, e no IE, todo zoado). Para evitar o modo de compatibilidade do IE, no cabeçalho da página, podemos adicionar PS. Caso queira que o sistema carregue como uma versão específica do IE, só utilizar content=”IE=8″ (por exemplo). Opcionalmente, para aplicações .NET, podemos usar no web-config Caso queira se aprofundar no assunto, o link abaixo te leva diretamente para o site oficial da Microsoft.

close

Em caso de problemas com modo de compatibilidade (normalmente, isso é quando no Chrome e Firefox o site fica perfeito, e no IE, todo zoado). Para evitar o modo de compatibilidade do IE, no cabeçalho da página, podemos adicionar PS. Caso queira que o sistema carregue como uma versão específica do IE, só utilizar content=”IE=8″ (por exemplo). Opcionalmente, para aplicações .NET, podemos usar no web-config Caso queira se aprofundar no assunto, o link abaixo te leva diretamente para o site oficial da Microsoft.

Read more

Maxlenght é uma função mágica que nos poupa muito trabalho na hora de validar e submeter campos, afinal, o banco de dados normalmente tem limitações que devem ser respeitadas. O único problema é quando precisamos limitar um textarea, já que o mesmo não aceita a simples função maxlenght… Esse script, dividido e 2 partes, uma função javascript e chamadas na input. Originalmente ia usar jQuery nesse post, porém, para certos casos ainda prefiro usar o javascript puro. Função em javascript: function textCounter(field, countfield, maxlimit) { if (field.value.length > maxlimit) field.value = field.value.substring(0, maxlimit); else countfield.value = maxlimit – field.value.length; } Código para ser colocado no html: Comentário: Você ainda pode digitar

close

Maxlenght é uma função mágica que nos poupa muito trabalho na hora de validar e submeter campos, afinal, o banco de dados normalmente tem limitações que devem ser respeitadas. O único problema é quando precisamos limitar um textarea, já que o mesmo não aceita a simples função maxlenght… Esse script, dividido e 2 partes, uma função javascript e chamadas na input. Originalmente ia usar jQuery nesse post, porém, para certos casos ainda prefiro usar o javascript puro. Função em javascript: function textCounter(field, countfield, maxlimit) { if (field.value.length > maxlimit) field.value = field.value.substring(0, maxlimit); else countfield.value = maxlimit – field.value.length; } Código para ser colocado no html: Comentário: Você ainda pode digitar

Read more

Posted in Javascript, jQuery

Segue abaixo uma sugestão para executar um ajax com timeout, após o timeout, o sistema irá executar o erro. function buscaAjax() { var strUrl = “busca.php”; $.ajax({ cache:false, timeout:8000, type:”POST”, url:strUrl, dataType: ‘json’, data:allFormValues, success: function(data) { alert(data.campo1); alert(data.campo2); }, error: function(e, xhr){ alert(“Por favor, tente novamente mais tarde.”); } }); } PS. Código original não tinha justamente o timeout. Corrigido.

close

Segue abaixo uma sugestão para executar um ajax com timeout, após o timeout, o sistema irá executar o erro. function buscaAjax() { var strUrl = “busca.php”; $.ajax({ cache:false, timeout:8000, type:”POST”, url:strUrl, dataType: ‘json’, data:allFormValues, success: function(data) { alert(data.campo1); alert(data.campo2); }, error: function(e, xhr){ alert(“Por favor, tente novamente mais tarde.”); } }); } PS. Código original não tinha justamente o timeout. Corrigido.

Read more

Posted in Javascript, jQuery

Quando se faz uma requisição Javascript, se algo der errado, todo o javascript da página irá travar até que isso seja resolvido. Por isso, é interessante colocar as requisições dentro duma cláusula try/catch, para se algo der errado, o retorno será através do javascript. Exemplo. function checkSubmit(){ try{ if(document.getElementById(“check”).value==”){ throw ‘Selecione um produto!’; } document.getElementById(“formGo”).submit(); }catch(e){ alert(e); } }

close

Quando se faz uma requisição Javascript, se algo der errado, todo o javascript da página irá travar até que isso seja resolvido. Por isso, é interessante colocar as requisições dentro duma cláusula try/catch, para se algo der errado, o retorno será através do javascript. Exemplo. function checkSubmit(){ try{ if(document.getElementById(“check”).value==”){ throw ‘Selecione um produto!’; } document.getElementById(“formGo”).submit(); }catch(e){ alert(e); } }

Read more

Posted in Javascript

Sou programador PHP, porém, sempre que posso dou uma trabalhada com Javascript e Jquery. Esses dias, me perguntaram se eu conseguia montar uma tabela que o cliente pudesse escolher quais campos quer ver. Após alguns minutos e com algumas funções jQuery, está funcionando corretamente. Não acho que seja a melhor solução, é uma coisa simples, sem pretenções, apenas pela diversão, mas talvez seja útil. Seguem os passos. Parte 1 – Chamada jQuery + funções. Parte 2 – CSS: O CSS ficou bem simples, é apenas para não deixar o site preto, e fazer as divs funcionarem como devem. Parte 3 – HTML – A versão da página. Essa página foi criada

close

Sou programador PHP, porém, sempre que posso dou uma trabalhada com Javascript e Jquery. Esses dias, me perguntaram se eu conseguia montar uma tabela que o cliente pudesse escolher quais campos quer ver. Após alguns minutos e com algumas funções jQuery, está funcionando corretamente. Não acho que seja a melhor solução, é uma coisa simples, sem pretenções, apenas pela diversão, mas talvez seja útil. Seguem os passos. Parte 1 – Chamada jQuery + funções. Parte 2 – CSS: O CSS ficou bem simples, é apenas para não deixar o site preto, e fazer as divs funcionarem como devem. Parte 3 – HTML – A versão da página. Essa página foi criada

Read more

Posted in Javascript, jQuery